Skip to main content

Como chegar às Ilhas Cíes

As Ilhas Cíes são um paraíso terrestre que não deixa ninguém indiferente. Todos os que as visitam ficam maravilhados com o carácter fantástico e quase selvagem das ilhas, com o cuidado com que o ambiente é mantido e com a transparência da água que banha as suas praias. Muitos vêem esta ilha como um reflexo das ilhas mágicas das Caraíbas, com a única diferença de que há menos dias quentes e a temperatura da água é muito mais baixa.

Muitos viajantes perguntar-se-ão como chegar às Ilhas Cíes. Obviamente, a resposta é: por mar.

Como se trata de uma ilha, a única forma de chegar às Ilhas Cíes é de barco. No entanto, devem ser tidas em conta certas restrições aquando da preparação da viagem. O motivo destas restrições é a intenção de preservar a natureza das ilhas e o equilíbrio ecológico, reduzindo a pressão humana sobre elas.

Por isso, quando organizamos uma viagem às Ilhas Cíes, um dos primeiros passos que devemos dar é certificarmo-nos de que temos um lugar para ir nas datas desejadas.

Existem três opções para visitar as Ilhas Cíes de barco: viajar num dos barcos de passageiros que partem de Vigo e Cangas, contratar uma excursão organizada ou solicitar uma licença para ancorar na ilha e ir até lá com o seu próprio barco. Estas três opções são possíveis durante o verão; durante a época baixa, que ocorre nos meses mais frios do ano, só é possível visitar as Ilhas Cíes contratando uma viagem organizada com a autorização expressa do diretor do Parque Natural.

Atualmente, a capacidade das Ilhas Cíes está limitada, durante o verão, a 1800 pessoas por dia, provenientes de viagens com as companhias marítimas autorizadas a viajar para as Ilhas Cíes, 550 pessoas alojadas no parque de campismo das ilhas e 150 ancoradouros. Nos meses de inverno, as limitações são maiores e só são permitidas 250 visitas por dia com excursões organizadas.

Agora que já sabemos o que temos de fazer para ir às Ilhas Cíes, é importante que tenhamos também em conta o que fazer paraficar. A maioria dos visitantes vem a este Parque Natural para um único dia. Chegam de manhã, visitam as ilhas, fazem alguns dos percursos pedestres e descansam nas fantásticas praias e regressam no final do dia num dos barcos em que chegaram. Apenas alguns sortudos ficam na ilha e podem apreciá-la à noite. A única forma de pernoitar nas Ilhas Cíes é através da reserva de um lugar no parque de campismo da ilha, sendo proibido o campismo livre fora da zona autorizada. Como mencionado acima, apenas 550 pessoas podem ficar neste parque de campismo num dia.

Por último, há que ter em conta as regras de comportamento. Quando viajamos para as Ilhas Cíes, estamos a visitar uma área natural protegida, pelo que certas regras devem ser estritamente respeitadas. Algumas destas normas são:

  • Respeitar as zonas de acesso restrito.
  • Pedir uma autorização se pretender mergulhar.
  • Pescar apenas nas zonas designadas para a pesca e após ter recebido autorização.
  • Não devem ser introduzidas espécies animais não nativas.
  • É essencial manter o nível de ruído baixo para evitar a poluição sonora.
  • A utilização de fontes de calor ou de grelhadores é limitada a zonas específicas do parque.

Em suma, a ideia é ir às Ilhas Cíes e desfrutá-las mantendo intactas as suas características para que outros visitantes encontrem as mesmas maravilhas que nós encontrámos.

¿Tienes alguna duda?

Nuestro equipo a tu disposición para resolver tus dudas.

× WhatsApp